icons8-instagram.png
icons8-facebook.png
   

POETA MINEIRO ADÃO VENTURA É O GRANDE HOMENAGEADO NO FLI-BH

 

 

Considerado um dos maiores poetas brasileiros do século 20, o mineiro Adão Ventura (1939-2004) é o grande homenageado do FLI-BH. Ventura é autor do clássico “A cor da pele”, de 1980, escritos que têm como tema as experiências e visões de mundo do homem negro brasileiro. Seus poemas constam diversas antologias, tanto brasileiras quanto internacionais.

 

Para a curadora do festival e poeta Nívea Sabino, enaltecer o legado de Adão Ventura passa por um desejo de sair do campo das repetições. “A pluralidade e diversidade das produções literárias no Brasil são enormes. Porém, reverenciam-se sempre nomes corriqueiros da nossa literatura. Pouco se lê ou ouve falar sobre Adão Ventura. O FLI-BH é um convite a ampliar o olhar, um convite à leitura, ao desconhecido”, explica.

 

Fotos: Arquivo Suplemento Literário